REPRESENTAÇÃO PARLAMENTAR DO PTP-MADEIRA

RAQUEL COELHO DENUNCIA NA ASSEMBLEIA OS ABUSOS CONTRA OS DIREITOS DOS TRABALHADORES

Ontem, Primeiro de Maio, comemorou-se o Dia do Trabalhador, mas pela primeira vez desde a conquista dos direitos no trabalho, que os trabalhadores não tiveram muitos motivos para celebrar.
O Dia do Trabalhador ganhou um novo sentido: troca-se a alegria da conquista pela luta para recuperar os direitos e as garantidas perdidos nos últimos anos. Nunca tivemos um Governo tão hostil aos trabalhadores.

Na Região Autónoma da Madeira, tal como no resto do País, a política do PSD e do CDS, é semelhante. A receita é a mesma: destruição do Estado Social e a aniquilação dos direitos dos trabalhadores, de modo a os subjugar aos interesses de muitas entidades patronais, tal e qual como no tempo da escravatura.

Nunca como hoje houve um número tão elevado de desempregados que, de acordo com a União de Sindicatos da Madeira,  está próximo dos 40 mil desempregados. Para agravar a situação, muitos deles não têm direito a subsídio de desemprego.

São pais e mães que não têm condições de sustentar os filhos. Estudantes que desistem da escola, recordando os tempos da  “velha senhora”, só estuda quem tem dinheiro, situação que afecta em particular os estudantes do ensino superior.

A precariedade laboral e o trabalho ilegal alastram. Veja-se o exemplo do Campo de Golfe do Santo da Serra que não aumenta as tabelas salariais desde 2009.  O Grupo Parlamentar da Voz do Povo pergunta: a Inspecção Regional de Trabalho fechou para obras? O  Sr. Secretário Regional que tutela esta área, que apesar de já ter sido sindicalista, assiste serenamente ao desaparecimento dos direitos dos trabalhadores, à sua exploração como se fossem escravos, ao aumento do desemprego e à precariedade laboral.

Há empresas, que aproveitando o argumento da crise,  para justificarem os atropelos e abusos contra os trabalhadores, enquanto que o Governo Regional não actua para fiscalizar e responsabilizar estes criminosos.
Para a Voz do Povo,  é tempo de dizer BASTA! Os trabalhadores não são escravos. O Povo tem de se revoltar contra este Governo agressor e corrupto.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: