REPRESENTAÇÃO PARLAMENTAR DO PTP-MADEIRA

MANIF

SÃO CADA VEZ MAIS AS MANIFESTAÇÕES NA MADEIRA ONDE OUTRORA ERAM POUCAS

Cerca de duas centenas de pessoas, entre sindicalistas, políticos, desempregados e pensionistas, participaram esta tarde na ‘Marcha contra o empobrecimento’, uma iniciativa nacional da CGTP-In, que na Madeira teve organização da União dos Sindicatos da Madeira (USAM).

Uma marcha que ligou a zona do Lido ao centro do Funchal, nomeadamente à Avenida Arriaga, e que teve paragens junto à Quinta Vigia e ao Palácio de São Lourenço. Segundo o coordenador da USAM, Álvaro Silva, foram paragens simbólicas, que num caso pretendeu chamar à atenção para as “responsabilidades de Alberto João Jardim na dupla penalização que os madeirenses estão a sofrer” e no outro alertar para “a protecção que o Presidente da República faz a este governo, que já não tem condições para governar”.

Álvaro Silva considera que os objectivos foram conseguidos, sobretudo porque esta foi uma forma de “chamar a atenção das pessoas para os graves problemas que afectam o país”, nomeadamente “o desemprego e o empobrecimento”, bem como para “a má governação”, que passa por “constantes aumentos de impostos e retirada de direitos dos trabalhadores”.

Fonte, Dnoticias.pt
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: