REPRESENTAÇÃO PARLAMENTAR DO PTP-MADEIRA

IMG_20130412_123436 (3)

 

PAULA SERRA É UMA FIGURA AMPLAMENTE CONHECIDA DA POPULAÇÃO E EX-MULHER DE ROBERTO SILVA DO PSD

 A cabeça-de-lista do PTP às eleições autárquicas de Outubro no Porto Santo chama-se Paula Serra. É uma figura conhecida da população do Porto Santo, não só por ser funcionária de um serviço público indispensável (centro de saúde) como também por ser ex-mulher do anterior presidente da Câmara e agora deputado do PSD, Roberto Silva.

Ao DIÁRIO a candidata explicou que sentiu ser esta a hora de dar o seu contributo político à sociedade, surgindo à frente de “uma candidatura que vai apresentar soluções concretas e viáveis para o Porto Santo” e que representa “uma lufada de ar fresco na política da ilha”. Paula Serra aceitou o convite do José Manuel Coelho para liderar um projecto de mudança que tem como “objectivo ganhar a Câmara do Porto Santo”. Tem autonomia da parte do PTP para formar a lista e elaborar o seu programa e desde já promete “uma campanha credível e responsável”, com propostas para ‘atacar’ as questões que mais preocupam os portossantenses: o desemprego, que tem levado muitos jovens a emigrar; os sinais de debilidade da indústria turística e a pouca divulgação da praia, que foi eleita uma das Sete Maravilhas de Portugal; e os preços elevados e serviço deficitário na área das águas e resíduos.

 Paula Serra assume que foi militante do PSD durante 25 anos e aborda os motivos que a levaram a se desfiliar daquele partido e a optar pelo estatuto de independente, embora integrada nas listas do PTP: “Vim a perder a confiança no meu partido. Nos últimos anos, tanto o Governo como a Câmara investiram mais de 150 milhões de euros na ilha do Porto Santo. Mas ao contrário do que seria de esperar, esses investimentos não evitaram o colapso social e económico da ilha, deixando a Câmara Municipal falida com mais de 10 milhões de euros em dívida”. Na mesma toada, a cabeça-de-lista do PTP acrescenta que o Porto Santo não pode ser apenas “uma colónia de férias de determinados políticos”, deve antes ambicionar “ser uma ilha livre, sustentável e atractiva em termos de investimentos”.

 

Fonte: Diário de Notícias

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: