REPRESENTAÇÃO PARLAMENTAR DO PTP-MADEIRA

Se não fosse o rendimento mínimo (que cada vez é mais limitado), as IPSS, o banco alimentar, entre outras instituições, muitos madeirenses estariam a passar fome. Nas zonas rurais da Madeira, não há um euro para ganhar! Aqueles que não emigram estão sujeitos a viver da caridade, seja de familiares ou do Estado.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: