REPRESENTAÇÃO PARLAMENTAR DO PTP-MADEIRA

Posts tagged ‘Corrupção’

Modalidades desportivas são vitimas de corrupção

196906_4871325296841_1420403054_n

A burla às modalidades pode ascender aos milhões de euros.

O grupo parlamentar do PTP deu uma conferência de imprensa, para denunciar o que considera serem claros “indícios de corrupção” e “esquemas financeiros” na Associação de Desportos da Madeira.

Os deputados do Partido Trabalhista Português querem que o secretário regional da Educação e Recursos Humanos, que tutela o sector do desporto, venha oa parlamento explicar quais as consequências de procedimentos que deveriam, segundo o grupo parlamentar, ser investigados “política e judicialmente”.

Em causa estão “despesas supostamente falsas” que o PTP documenta com cópias de documentos e que totalizam vários milhares de euros. “Que credibilidade tem uma secretaria para atribuir subsídios com base em facturas com o mesmo número, mas com montantes diferentes”, pergunta o partido que forneceu cópias dos documentos em causa.

O PTP deu exemplos de aquisição de equipamentos desportivos e de uma viatura e cheques passados à ordem do então presidente da ADM.

Anúncios

FASCISTAS E CORRUPTOS QUEREM PRENDER COELHO

Julgamento de José Manuel Coelho por difamação prosseguiu hoje

Imagens no YOUTUBE em: http://youtu.be/aoLyAk3llfg

O julgamento do agora deputado do PTP na Assembleia Legislativa da Madeira (ALM), José Manuel Coelho, acusado de cinco crimes de difamação na forma agravada, continuou hoje no Tribunal de Vara Mista do Funchal com a audição de três testemunhas (Filomeno Paulo, Carlos Perdigão e João Dantas).

Filomeno Paulo, ex-director do Serviço Regional de Saúde (SRS) foi indicado por Conceição Estudante. Carlos Perdigão, ex-director regional de Saúde Pública também foi indicado por Estudante. Já o ex-presidente da Câmara do Funchal, João Dantas, foi indicado por Jardim.

Na sessão de hoje, em que José Manuel Coelho responde ainda por um crime de ofensa a organismo, serviço ou pessoa colectiva, também na forma agravada, foram distribuídas às partes as declarações, prestadas por escrito, do presidente do Governo Regional da Madeira, Alberto João Jardim, que se constituiu assistente no processo.

Face a tal depoimento o Ministério Público (MP) ‘dispensou’ Jardim de novas declarações.

O julgamento reporta-se a quatro processos, o mais antigo de 2002. Nesse ano, segundo o despacho de pronúncia, José Manuel Coelho produziu e distribuiu
um panfleto no qual a secretária regional dos Assuntos Sociais à data, Conceição Estudante, era acusada de encher “os bolsos de dinheiro” ao então presidente da Assembleia Municipal de Santa Cruz e médico Joaquim Vieira na sequência de um suposto protocolo.

Outro processo remonta a 2008, quando José Manuel Coelho declarou a vários órgãos de comunicação social: “Uma vez, a pedido da família de um governante madeirense que batia na mulher por ciúmes, deitaram uma notícia de denúncia num jornal clandestino que se editava em Gaula”.

A frase consta do despacho de acusação, que recorda uma condenação por difamação do arguido pela distribuição de panfletos nos quais acusava o vice-presidente do Governo Regional, João Cunha e Silva, de bater na mulher.

Um mês depois, no plenário do parlamento regional, o deputado abordou a violência doméstica: “Eu lembro-me de um governante que nós temos aqui no Governo que agride a mulher”, declarou o deputado, citado pelo Ministério Público (MP).

Segundo o MP, estas afirmações foram “entendidas, por todos os deputados e pessoas em geral, como dirigidas” a João Cunha e Silva.

José Manuel Coelho é ainda visado num processo relativo a Janeiro de 2009, na sequência de declarações transmitidas pela RTP/Madeira, sobre as atas
da assembleia legislativa, que disse não refletirem “o que lá se passa porque são censuradas” e “falsificadas”.

O último processo em julgamento é também de 2009 (Julho), igualmente sobre declarações transmitidas naquele canal relativas a um negócio entre a Câmara de Santa Cruz e a ‘Quinta Escuna’, em que José Manuel Coelho afirmou que o presidente do Governo Regional da Madeira recebia “a sua comissão”.

Nas declarações enviadas ao tribunal, Alberto João Jardim salienta que “ao longo de mais de 30 anos de atividade política […] nunca beneficiou de quaisquer comissões, prebendas ou sinecuras”.

“Tudo o que auferiu [o assistente], no exercício de funções públicas, está contabilizado pela contabilidade pública, foi publicado e é do conhecimento público”, escreve o governante, acusando José Manuel Coelho de o ter caluniado “voluntária, consciente e intencionalmente, de forma torpe e miserável” e sem “quaisquer fundamentos”.

Na audiência de hoje, o coletivo de juízes presidido por Teresa Miranda deliberou, na sequência de requerimento do advogado de José Manuel Coelho, solicitar ao município de Santa Cruz informações relativas ao processo ‘Quinta Escuna’ e reiterar à Assembleia Legislativa da Madeira o pedido para o deputado Roberto Silva prestar declarações.

A próxima sessão está prevista para o dia 06 de novembro, às 14 horas

Fonte: DIARIO DE NOTICIAS MADEIRA

http://www.dnoticias.pt/actualidade/madeira/350914-joao-dantas-carlos-perdigao-e-filomeno-paulo-testemunhas-contra-coelho

OS NOVOS PIRATAS NO CURRAL DAS FREIRAS

COELHO NO CURRAL DAS FREIRAS FALA DOS NOVOS LADROES E PIRATAS

José Manuel Coelho acompanhado pelo Sr. José Rodrigues, declarou que a Freguesia do Curral das Freiras é a mais bonita da Madeira e lembrou que no tempo da pirataria e dos corsários o Curral as Freiras que fugiram dos apetites dos piratas e transformou-se num abrigo e refugio para a população que fugia dos ladrões que atacavam por mar.

Agora os ladrões atacam por terra e estão entre nós de fato e gravata e dentro do próprio Governo, controlam as Finanças através do Pirata Director da DRAF, João Machado que capitaneia a Direcção dos Impostos sob o comando do Pirata-Mor Alberto João Jardim que sob a desculpa da “troika”, espreme, tritura e depena todos os trabalhadores, familias inteiras, idosos, pequenos e médios empresários e até os proprios emigrantes que têm de pagar o vergonhoso Imposto IMI sobre os imóveis e vêm as suas poupanças roubadas por um Governo de Pirataria Fiscal e Financeira.
José Manuel Coelho falava a população no Curral das Freiras durante as Festas na N.S. Livramento e comparou os Piratas dos séculos passados, que obrigavam a população a se refugiar nas montanhas e no caldeirão do Curral das Freiras com os actuais piratas da alta finança e dos impostos que diz serem os novos ladrões engravatados que protegidos pela própria lei fogem para Paraísos Fiscais enquanto o Estado e as Finanças apertam apenas com os pequenos proprietário e com os pequenos comerciantes espremendo os contribuintes com uma maquina fiscal trituradora que rouba poupanças, ordenados e cria desemprego e miséria.
O Deputado José Manuel Coelho contactou com a população e prometeu combater estes novos criminosos de colarinho branco que são protegidos pela máquina do Estado.
A VOZ DO POVO!
Aqui Coelho encontra a Sra. Zita da Silva da Seara Velha:
Quintino Costa junta-se a Coelho para falar com o Sr.Orlando da Terra Chã e combinar novas acções politicas no Curral das Freiras:
O Povo fala com JM Coelho para assim dar Voz à sua vontade!

JUSTIÇA CORRUPTA PROTEGE REGIME LADRÃO

COELHO ACUSA JUÍZES CORRUPTOS SUBJUGADOS A JARDIM

Coelho, em frente ao Palácio da Justiça,  acusa juízes de estarem corrompidos e subservientes ao regime Jardinista.

O deputado do PTP, José Manuel Coelho denunciou mais um caso de corrupção na justiça Portuguesa. Acusa os juízes de estarem ao lado daqueles que tem roubado a Madeira nos últimos anos e de não estarem ao serviço do Povo, da economia e da sociedade. Coelho exemplifica esta situação com o seu caso particular.

Em questão está um processo  entreposto pelo empresário e amigo de Alberto João Jardim, Luís Miguel Sousa, acusando o deputado de difamação. Coelho denunciou o que considerou ser um grave caso de corrupção envolendo este empresário e a gestão do porto do Funchal. O caso foi investigado pela polícia judiciária, pois existia matértia criminal para desencadear tal investigação. No enatanto, a juíza responsável pelo processo, antes de ir embora para Lisboa, arquivou o processo, ficando os criminosos por responsabilizar.

José Manuel Coelho foi absolvido da acusação pelo juiz de primeira instância. Contudo, o empresário, sequioso de dinheiro e vingança, entrepõe recurso para o tribunal da relação. O advogado de Luís Miguel Sousa, Garcia Pereira, um falso Comunista nas palavras de Coelho, consegue convencer os juízes da relação a condenar Coelho a pagar uma indemnização de 7.500€ ao empresário corrupto. Estes juízes estão relacionados com o regime Jardinista, com a corrupção económica e com a maçonaria.

A exposição da verdade tem sido condenada, enquanto que os verdadeiros criminosos continuam à solta cometendo crimes contra o Povo Madeirense.

José Manuel Coelho, diz não baixar os braços. Vai continuar a lutar “contra ventos e marés”, contra a corrupção, contra os roubos e contra este regime Jardinista que tem alimentado tubarões gananciosos ao longo de mais de três décadas, deixando o  Povo com dívidas e na mais pura miséria.

JARDIM DE FÉRIAS? VISITA A LETÓNIA E BANHA-SE NA PEROLA DO ADRIATICO… enquanto os patas rapadas ficam pagando a conta!

O PRESIDENTE DO GOVERNO REGIONAL DA MADEIRA INAUGURA NA TERRA DO PAI NATAL, NA LETONIA, FINLANDIA

As Viagens de Jardim

JARDIM DEPOIS DE VAIADO PELOS BOMBEIROS NA SUA ULTIMA INAUGURAÇÃO VAI PARA A FINLANDIA INAUGURAR UM TRENÓ E UMA EXPLORAÇÃO DE RENAS…

O “Doutor” Jardim depois de insultar os Madeirenses dizendo que um Doutor não se dirige a “patas rapadas”, quando era vaiado por populares na Ribeira Brava, deixa a Madeira no dia seguinte e ruma para uma escapadinha pela Filandia, visitando a terra do pai natal, para agora apanhar banhos de sol e mar na bela “perola do adriatico” em Dubrovnik na Croácia. Tudo sem dar paleio aos patas rapadas que não sabiam para onde Sua Excelencia foi.

E AINDA FAZ PARAGEM NA SUIÇA, ANTES DE REGRESSAR, PARA IR AO “MULTIBANCO” DA UBS e falar com o seu gestor de contas de lavandaria financeira…

Olhando para o mapa do itinerário da viagem de Férias de Jardim, revelado pelo DIARIO DE NOTICIAS DO FUNCHAL, reparem que o périplo pelas europas ricas acaba com uma passagem rápida na manhã de sexta-feira (dia 22 de Junho) pela Suiça, onde almoça, antes de regressar a Lisboa e ao Funchal.
Jardim antes de regressar à patria dos “patas rapadas” vai dar um saltinho ao “multibanco” na Suiça, na UBS, para consultor o seu gestor de lavagem de fundos.
O Doutor Alberto depois de ser vaiado pelos Bombeiros, na sua ultima inauguração… ausentou-se sem dar “cavaco” a nínguem, para viajar à nossa custa, deixando a Madeira desgovernada e na banca rota, os Madeirenses afundados em pesados sacrificios, cortes nos subsidios de férias, as empresas falidas e sem receber do governo, milhares no desemprego e na mais pura miséria e fome, mas nem sequer se digna a dar explicações aqueles que o elegeram para (des)governar os seus destinos. E que pobres destinos.

Coelho Desmascara “Sucessor Oficial” de Jardim

Coelho representado pelas novas gerações

MUDAM-SE AS MOSCAS MAS A PORCARIA DO PSD SERÁ SEMPRE A MESMA

José Manuel Coelho do PTP declarou hoje na “Festa da Cereja” no Jardim da Serra que Alberto João Jardim agora foge das festas do Povo pois esta com muito medo de enfrentar aqueles que apelidou de “patas rapadas” quando foi vaiado pelos Bombeiros da Ribeira Brava na Sengunda-Feira, dia 11 de Junho, na Ribeira Brava.

 Coelho chamou ainda a atenção dos Agicultores para não se deixarem enganar pelo novo substituto e cópia oficial de Jardim, o “Doutor” Manuel Antonio Correia porque este como é uma cópia do Chefe seria muito pior que Jardim, sendo muito aplaudido pelos populares presentes na festa que se juntaram a volta da nossa Conferencia de Imprensa para ouvirem o discurso de Coelho.
Como a comunicação social madeirense apenas passa uns segundos e um pafagrafo de texto das nossas declarações, os que estavam presentes rodearam Coelho para aproveitar este precioso momento de poder ouvir as suas palavras ao vivo E SEM CENSURA DA TESOURA DO REGIME JARDINISTA QUE MANHOSAMENTE INVADIU AS REDACÇÕES DOS JORNAIS, DAS RADIOS E DAS TVs
Coelho não vai dar tréguas no combate e denuncia dos falsos “Doutores” que têm estado a enganar os Madeirenses, que agora tratam jucosamente por “Patas Rapadas”, roubando e abusando do poder que receberam do Povo e arrastando-nos para a bancarota e abismo onde apenas existe Desemprego, Fome e Miséria para esta e para as próximas gerações.
Coelho apelou aos presentes que ponham estes governantes na rua e não caiam outra vez na asneira de voltar a colocá-los no poder com outro ainda pior à frente do Governo.
“Mudam as moscas, mas a porcaria dos governantes é sempre a mesma”
É preciso não esquecer que Manuel António em bem pior que o Chefão que agora quer substituir pois está envolvido em muitos negócios obscuros que vão desde à Construção Civil, Imobiliária e Pescas, colocando as suas negociatas em nome de testas de ferro, como no caso das empresas SOTRABALHO e SOPESCAS onde é sócio maioritário.
Coelho do PTP avisa: a cópia é sempre pior que o original

CORRUPÇÃO NA ASSOCIAÇÃO DE DESPORTOS DA MADEIRA

PRESIDENTE PAGA LUXOS E SERVIÇOS COM CHEQUES DA ADM

Com o chegar da crise, começa a faltar o dinheiro para cobrir os esquemas montados de desvios de dinheiro e favorecimento dos dirigentes corruptos.

O caso da Associação de Desportos da Madeira implica o seu presidente, o Sr. Alfred Heinz Wittwer. De acordo com informações que chegaram ao Grupo Parlamentar do PTP, este dirigente, apoderou-se e aplicou indevidamente dinheiro da ADM. A Associação acumulou 200 mil euros de dívidas e não pagou aos arbitros durante 5 anos, enquanto que o Sr. Alfred Heinz recebia em sua casa 2 televisores LCD’s pagos com cheques da ADM.

Os proveitos indevidos que este senhor colhia da ADM não se ficam por aqui. O Sr. Alfred é proprietário de uma agência de viagens, a VTM, que já em dificuldades financeiras, como tantas outras empresas do sector, socorre-se novamente dos cheques da ADM para pagar serviços prestados por outras empresas à VTM.

O “cardápio” de infracções continua. Foi concedido um empréstimo bancário à ADM no valor de 50 mil euros. No mesmo dia em que este valor ficou disponível, foi efectuada uma transferência bancária da totalidade do valor para a conta bancária pessoal do Sr. Alfred Heinz.

Tudo isto levou a que no passado dia 18 de Maio, os clubes associados reunissem na sede da ADM com um ponto único em discussão: Assuntos internos da ADM.

A conclusão deste encontro determinou, por unanimidade, que a ADM suspendesse toda a sua actividade e entregasse as chaves à Secretaria de Educação. Foi discutido ainda o problema dos funcionários desta Associação, tendo sido decidido passar um papel para o Fundo de Garantia Salarial e Fundo de Desemprego para que os mesmos pudessem ter salvaguardadas as suas indemnizações por lei devido à extinção dos seus postos de trabalho.

A falta do dinheiro fácil expôs os corruptos e ladrões que durante décadas viveram “à sombra” de um Governo, também corrupto e ladrão, que compactuou com estas situações.

Foto de Octávio Passos/ASPRESS

%d bloggers like this: