REPRESENTAÇÃO PARLAMENTAR DO PTP-MADEIRA

Posts tagged ‘Deputado’

COELHO PROVOCA TERRAMOTO INSTITUCIONAL NO PSD

Assuncao Esteves – Presidente AR e Miguel Mendonça- Presidente da ALRAM
Descubra as diferenças…

MIGUEL MENDONÇA ROIDO DE CIUMES ATACA ASSUNÇÃO ESTEVES

Coelho Provoca Crise Institucional entre a Assembleia da Republica e ALRAM

Foi longe de demais. Miguel Mendonça e Jaime Ramos já se resignaram aos constantes ataques não convencionais de Coelho no parlamento e com as suas tácticas pouco ortodoxas de protestar contra o Regime Ditatorial que ajudam a manter na Madeira, mas não aguentaram a humilhação e o vexame, quando a Presidente da Assembleia da Republica resolveu abrir as portas de São Bento ao Revolucionario Coelho de megafone ao pescoço e ainda teve a ousadia de receber os Deputados do PTP, Coelho, Rocha e Raquel, para um chazinho no seu gabinete.

Pronto, passaram-se os dois e de telefonema em telefonema foram discutindo as medidas de retaliação possiveis, acabando por engendrar um duplo-veneno: um voto de protesto condenando Coelho por colocar em risco a integridade social dos politicos e simultâneamente outro voto de protesto condenando Assunção Esteves, condenando, pasme-se, a segunda maior figura institucional da Republica Portuguesa, a Presidente da Assembleia da Republica Portuguesa.

O chá de Coelho em São Bento originou um verdadeiro terramoto Constitucional na Republica Portuguesa de uma magnitude de que não ha registos na história da Democracia e da Autonomia das Regiões Autónomas. Caso esta condenação de Coelho e Assunção siga em frente e seja aprovada na Assembleia Legislativa da Madeira, pela maioria PSD. as consequencias serão catastróficas e teremos um verdadeiro “cisma” entre as duas Assembleias. Uma das consequencias poderá ser a possibilidade de Miguel Mendonça começar a evitar atender telefonemas de Assunção Esteves com receio de levar o prometido “pusão de orelhas” por não tratar os deputados Madeirenses do mesmo modo que são tratados os deputados da Assembleia da Republica, segundo os principios da Democracia e da Constituição.

O PSD da Madeira temendo a reprimenda da Senhora Presidente da Assembleia da Republica, que por sinal tambem é deputada eleita pelo mesmo partido, resolveram avançar com um ataque preventivo antecipando os movimentos da Presidente da A.R. e evitando assim a perda da face da sua “Rainha de Inglaterra”.

O PTP vai aguardar pacificamente o desenrolar da guerra de alecrim e manjerona de Jaime e Miguel contra os moinhos de vento da República, preparando a proxima demonstração do Estado da Nação Madeirense.

Com megafone ou sem megafone todos vão saber qual é o regime em vigor na Madeira.

Anúncios

COELHO EM BELÉM MOSTRA A CAVACO O VERDADEIRO ESTADO DA NAÇÃO

PTP PROTESTA PELA FALTA DE DEMOCRACIA NA MADEIRA

O Grupo Parlamentar do PTP esteve junto à Residência oficial de Cavaco Silva para protestar contra os atentados à democracia na Madeira. José Manuel Coelho, de megafone na mão, reivindicava uma audiência com Cavaco, que foi solicitada mas nunca atendida, para expor o que considera ser falta de tolerância democrática da parte do Governo Regional e do primeiro órgão de poder Legislativo da Madeira, a Assembleia Regional da Madeira.

O PTP enviou pedidos de audiência com vários órgãos de soberania nacional para entregar uma exposição sobre a acção violenta e despropositada da força policial da BIR-PSP na Sessão Solene do Dia da Região que este ano se comemorou em São Vicente. Os Deputados, referem que, para além de ilegal, pois beneficiam do Estatuto de Deputado e tinham o direito de permanecer naquele acto solene, foram violadas as mais básicas leis da democracia.

A PSP usou, a mando do Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira, força desmesurada para expulsar os Deputados do PTP. Coelho empunhava cartazes que demonstravam precisamente essa brutalidade da carga policial.

José Manuel Coelho falava ao megafone, para que todos aqueles que por ali passassem e para que a mensagem chegasse ao Presidente da República, pudessem ouvir e saber claramente que na Madeira não se vive em pleno estado democrático. É um regime fascista sobre uma capa da democracia.

O Deputado do PTP acusa Cavaco Silva e outras instâncias judiciais no plano nacional de tomarem conhecimento destes graves atropelos à democracia, censurado os acontecimentos, em género de ver e assobiar para o lado ignorando os factos.

Mas o PTP não desiste da sua luta e leva os protestos à Procuradoria-Geral da República e à Assembleia da República.

 

 

JUSTIÇA CORRUPTA PROTEGE REGIME LADRÃO

COELHO ACUSA JUÍZES CORRUPTOS SUBJUGADOS A JARDIM

Coelho, em frente ao Palácio da Justiça,  acusa juízes de estarem corrompidos e subservientes ao regime Jardinista.

O deputado do PTP, José Manuel Coelho denunciou mais um caso de corrupção na justiça Portuguesa. Acusa os juízes de estarem ao lado daqueles que tem roubado a Madeira nos últimos anos e de não estarem ao serviço do Povo, da economia e da sociedade. Coelho exemplifica esta situação com o seu caso particular.

Em questão está um processo  entreposto pelo empresário e amigo de Alberto João Jardim, Luís Miguel Sousa, acusando o deputado de difamação. Coelho denunciou o que considerou ser um grave caso de corrupção envolendo este empresário e a gestão do porto do Funchal. O caso foi investigado pela polícia judiciária, pois existia matértia criminal para desencadear tal investigação. No enatanto, a juíza responsável pelo processo, antes de ir embora para Lisboa, arquivou o processo, ficando os criminosos por responsabilizar.

José Manuel Coelho foi absolvido da acusação pelo juiz de primeira instância. Contudo, o empresário, sequioso de dinheiro e vingança, entrepõe recurso para o tribunal da relação. O advogado de Luís Miguel Sousa, Garcia Pereira, um falso Comunista nas palavras de Coelho, consegue convencer os juízes da relação a condenar Coelho a pagar uma indemnização de 7.500€ ao empresário corrupto. Estes juízes estão relacionados com o regime Jardinista, com a corrupção económica e com a maçonaria.

A exposição da verdade tem sido condenada, enquanto que os verdadeiros criminosos continuam à solta cometendo crimes contra o Povo Madeirense.

José Manuel Coelho, diz não baixar os braços. Vai continuar a lutar “contra ventos e marés”, contra a corrupção, contra os roubos e contra este regime Jardinista que tem alimentado tubarões gananciosos ao longo de mais de três décadas, deixando o  Povo com dívidas e na mais pura miséria.

JARDIM DESPERDIÇA 2000€ POR SEGUNDO

SOLUÇÃO PARA ESGOTOS E FINANÇAS É IGNORADA PELO GOVERNO REGIONAL

O deputado José Luís Rocha, do PTP, deu hoje uma lição ambiental e de economia. Se se aproveita-se os recursos naturais a Madeira e os Madeirenses teriam muito a ganhar.
Rocha acusa o Governo de Jardim de permitir derrames dos Esgotos das ETAR’s, quando estes poderiam ser aproveitados para a produção de biogás.
É uma energia alternativa, que de acordo com os cálculos do deputado, daria para produzir uma tonelada de metano por segundo, o que significa, a produção de 77 garrafas de gás doméstico de 13 kg. O mesmo será dizer que o governo orientado por Jardim poderia aproveitar mais de 2000 € por segundo. Numa altura difícil para a economia Madeirense, esta seria uma mais valia. Jardim, ao não aproveitar os esgotos para a produção de biogás, para além de estar a perder dinheiro, provoca um atentado ambiental garvíssimo, pois no entender do parlamentar, estes esgotos são 23 vezes mais prejudiciais ao ambiente e ao ser humano do que os gases espelidos pelos escapes dos automoveis. Acrescenta que estes residuos levam mais de 100 anos a se decomporem na natureza.
De acordo com o deputado, “a gente deita pérolas aos porcos”, numa referência ao desperdício que está ser efectuado pelo Governo Madeirense.

PSD NA ASSEMBLEIA A TRATAR DOS SEUS NEGÓCIOS.

PSD TEM PART-TIME NA ASSEMBLEIA

Frequentemente fui criticado e até processado por denunciar a corrupção e os roubos que o Governo de Jardim e o PSD cometeram ao longo dos últimos anos contra o Povo Madeirense. A verdade está a ser agora revelada. Apenas faço o que é correcto, defender o Povo. Estou na Assembleia para dar Voz ao Povo, àqueles que me elegeram e a todas as outras pessoas.

Pergunto, o que faz o PSD na Assembleia? Chumbar as propostas apresentadas pela oposição? Sim. é verdade. Mas estão lá,  sobretudo, para tratar da sua vidinha. Veja-se, por exemplo, na imagem o sr. deputado com uns projectos nas mãos.  Provavelmente, não se referem a obras a realizar na ALRM!?

Para o PSD, a sua presença na Assembleia sempre serviu para legitimar os negócios que agora causaram o descalabro nas finanças regionais. Fica a factura para o Povo pagar. BASTA!

COELHO DENUNCIA SECRETÁRIO “SONEGÓCIOS”

MADEIRA, “GALINHA DOS OVOS DE OURO” PARA SECRETÁRIOS DE JARDIM

No dia em que se comemora a Revolução do 25 de Abril de 1974, José Manuel Coelho esteve na Nova Cidade, Câmara de Lobos, para dar continuidade ao seu trabalho e denunciar os atentados aos valores e ideais da Revolução dos Cravos e da Autonomia Madeirense.
Para o Deputado da Voz do Povo, o 25 de Abril nunca chegou realmente à Madeira.  Na realidade, a Região tem estado sob o jugo do poder ditatorial e corrupto dos sucessivos Governo de Jardim. Ao longo de Três décadas de regime jardinista, a autonomia e a democracia transformaram-se em perspectivas de negócio e especulação para aqueles que gravitam à volta do regime de Jardim, prejudicando e empobrecendo o Povo da Madeira.
Para o deputado do PTP, a Madeira tem sido a “Galinha dos Ovos de Ouro”,  pois muitos têm feito fortuna com a corrupção, com o betão e com o alcatrão.
A Operação CUBA LIVRE, desencadeada pela procuradora Cândida Almeida do DCIAP, visa identificar e responsabilizar os governantes ou titulares de cargos públicos que têm roubado o Povo Madeirense ao longo destes últimos anos. Nas palavras de José Manuel Coelho, Santos Costa não é o único Secretário corrupto que a procuradora do DCIAP deve investigar.  São todos os Secretários que devem entrar neste processo de investigação. Mencionou o exemplo do Secretário, com a “pasta das finanças” Regionais, Ventura Garcês, que se dedicou à construção e promoção imobiliária na freguesia do Caniço, utilizando os meios públicos.
Denunciou ainda o Secretário Manuel António, como sendo o Secretário “Sonegócios” por ser sócio de várias empresas que tem designações iniciadas por “So…”, por exemplo a SOPEIXE  e a SOTRABALHO.
Para o representante da Voz do Povo, Manuel António, tem exercido as suas influências para realizar negócios. Deu o exemplo do edifício abandonado que estava destinado à habitação na Nova Cidade. O Secretário terá pressionado a Câmara Municipal de Câmara de Lobos a alterar o Plano Director Municipal para reconverter aquele espaço em Centro de Saúde e Lar de Idosos, numa tentativa de salvar a sua empresa falida SOTRABALHO. Esta é mais uma situação de aproveitamento indevido dos meios do Estado para enriquecimento
ilícito.
“Os milionários da Madeira Nova têm enriquecido à custa da miséria, da pobreza e do desemprego dos madeirenses” salientou Coelho. Nesta data comemorativa do 25 de Abril, o deputado da Voz do Povo, PTP, diz ser importante acontecer uma nova revolução para a libertação da Madeira desta gente corrupta. Para  Coelho é altura de dizer BASTA à pobreza, à miséria e à humilhação do Povo. BASTA de corrupção e de roubo!

JARDIM E PSD PRATICAM CENSURA

JORNAL DA MADEIRA TEM HOMEM DO “LÁPIS AZUL”

O Grupo Parlamentar do PTP, a Voz do Povo,  esteve juntos às instalações  do Jornal da Madeira para denunciar o que considera ser “o único jornal existente onde ainda se pratica a censura”.
José Manuel Coelho, não compreende como é que 38 anos depois da queda do fascismo, na Madeira ainda exista a representação da repressão e da censura. De acordo com o deputado, este matutino é o veículo para as mensagens partidárias do Governo e do PSD. Referiu-se ao administrador, chamando-o de fascista e censor do regime. O deputado da Voz do Povo salienta que se trata de alguém protegido pelos tribunais e pelo Ministério Público na Madeira.
Coelho não entende como, numa terra em que existem 40 mil desempregados (número revelado pela USAM), poderá o Jornal da Madeira receber três milhões de euros por ano, 250 mil euros por mês, 8.334 euros por dia. Enquanto que, por outro lado, milhares de pessoas vivem com menos de 434 euros por mês, milhares de pensionistas vivem com pensões sociais de 195,40 € por mês e milhares de pessoas vivem com pensões de invalidez na ordem dos 254 euros mês. Todas estas pessoas vivem abaixo do limiar da pobreza!
O deputado da Voz do Povo afirma que, enquanto um jornalista ganha mil euros, “os escribas do regime” têm avenças de cinco mil para escrever o que Governo e PSD pretendem.
Chegou à altura de dizer BASTA à corrupção. Abaixo o fascismo e a censura, defende a Voz do Povo.

%d bloggers like this: