REPRESENTAÇÃO PARLAMENTAR DO PTP-MADEIRA

Posts tagged ‘Santos Costa’

NOVAS PROVAS DE DESVIOS DO 20 FEVEREIRO

TODOS OS POLITICOS CORRUPTOS VÃO SEMPRE AO NOSSO BOLSO

Jose Manuel Coelho volta a carga com novas revelações sobre o “regabofe” dos Presidentes de Câmara do PSD em Santa Cruz e Machico ao “distribuirem” Obras de Repuperação da calamidade do 20 de Fevereiro sem concurso nem controle e de forma simulada e fraccionada.

Os valores apresentados e denunciados na Conferencia de Imprensa do Grupo Parlamentar de José Manuel Coelho, revelam obras contratadas pelas Câmaras sem concurso e por ajuste directo, cujos totais sao valores astronómicos de muitos Milhões de Euros mas que se encontram declarados em valores fraccionados mais pequenas para nao haver concurso e passarem despercebidos da fiscalização…

 


Foram muitos Milhões de Euros deitados literalmente pela Ribeira abaixo que agora terão de ser pagos pelos contribuintes através do agravamento de taxas, impostos, IMIs e custos da água exorbitantes.
As empresas de jardinagem “florasanto” e outras empresas de tubaroes laranjas do regime de Jardim alambazaram-se com sucessivas “empreitadas” misteriosas de repuperação do temporal de 20 de Fevereiro até mesmo em zonas do Concelho de Santa Cruz e de Machico que em muitos casos nem foram atingidas pela intemperie. Tudo serviu para encher os bolsos aos conhecidos empreiteiros proximos dos Presidentes da Câmara e sócios de membros do Governo Regional de Jardim enquanto as verdadeiras vitimas da calamidade do 20 de Fevereiro ainda hoje aguardam pelas obras de recuperação das suas casas e propriedades devastadas em 2010.
Coelho apresentou documentos que provam o envolvimento das empresas “Miguel Viveiros” na qual é sócio Santos da Costa, ex-Secretario Regional da extinta Secretaria do Equipamento Social, que agora é investigado pela DCIAP no ambito da Operação “Cuba Livre, da empresa FLORASANTO de que são sócios o Director Regional das Florestas e o Presidente da Junta de Freguesia do Santo da Serra, etc…
Coelho alerta as autoridades para juntarem estes nomes e documentos ao processo de investigação do Ministério Público em curso intitulado “Cuba Livre” e alerta as Procuradoras do DCIAP de Candida de Almeida para tambem verificar onde foram feitas mais estas obras fantasmas do 20 de Fevereiro que na verdade serviram para pagar dividas na declaradas nas Câmaras de Santa Cruz, Machico e no Governo Regional aos tubarões construtores do regime laranja jardinista.

Anúncios

DESFILE DOS “FAMOSOS” DO REGIME NA PASSERELLE DA GNR TERMINOU….POR AGORA

DCIAP VAI CONTINUAR AUDIÇÕES, MAS SEM “ACTORES” PRINCIPAIS

Durante toda a semana passaram pelo Comando Territorial da GNR na Madeira várias figuras do Governo Regional, uns no activo outros já aposentados, o director Regional de Finanças e sócios de empresas ligadas à construção civil.
As procuradoras do Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP) interrogaram o ex-Secretário do Equipamento Social, Santos Costa, Ricardo Reis, antigo chefe de gabinete de Santos Costa,  Paulo Sousa, director Regional dos Edifícios Públicos, Rui Gonçalves, director Regional de Finanças, José Manuel Ferreira, ex-presidente da empresa Estradas da Madeira, Filipe Ferreira, ex-director Regional de Estradas e outros funcionários da extinta SRES. Hoje foram ouvidos no âmbito desta operação o empresário Avelino Farinha e o director Regional de Estatística, Carlos Estudante.
O DCIAP irá emitir um comunicado na próxima Segunda-feira para dar a conhecer o decurso das investigações.
A operação CUBA LIVRE arrancou no inicio da semana com muito mediatismo. O líder do Governo Regional não gostou da intervenção policial, dizendo que esta causou alarmismo social. Provavelmente não queria que o Povo Madeirense soubesse da investigação que estava a decorrer. Mais uma vez queria ocultar a VERDADE ao Povo.
A Voz do Povo agradece a investigação. Que se consiga provar e responsabilizar aqueles que tanto roubaram a Madeira nas últimas Três décadas, deixando a população Madeirense na miséria e na pobreza. Destruíram o futuro de um Povo, por isso, tal como em qualquer estado democrático, têm que ser punidos. BASTA!

COELHO DENUNCIA SECRETÁRIO “SONEGÓCIOS”

MADEIRA, “GALINHA DOS OVOS DE OURO” PARA SECRETÁRIOS DE JARDIM

No dia em que se comemora a Revolução do 25 de Abril de 1974, José Manuel Coelho esteve na Nova Cidade, Câmara de Lobos, para dar continuidade ao seu trabalho e denunciar os atentados aos valores e ideais da Revolução dos Cravos e da Autonomia Madeirense.
Para o Deputado da Voz do Povo, o 25 de Abril nunca chegou realmente à Madeira.  Na realidade, a Região tem estado sob o jugo do poder ditatorial e corrupto dos sucessivos Governo de Jardim. Ao longo de Três décadas de regime jardinista, a autonomia e a democracia transformaram-se em perspectivas de negócio e especulação para aqueles que gravitam à volta do regime de Jardim, prejudicando e empobrecendo o Povo da Madeira.
Para o deputado do PTP, a Madeira tem sido a “Galinha dos Ovos de Ouro”,  pois muitos têm feito fortuna com a corrupção, com o betão e com o alcatrão.
A Operação CUBA LIVRE, desencadeada pela procuradora Cândida Almeida do DCIAP, visa identificar e responsabilizar os governantes ou titulares de cargos públicos que têm roubado o Povo Madeirense ao longo destes últimos anos. Nas palavras de José Manuel Coelho, Santos Costa não é o único Secretário corrupto que a procuradora do DCIAP deve investigar.  São todos os Secretários que devem entrar neste processo de investigação. Mencionou o exemplo do Secretário, com a “pasta das finanças” Regionais, Ventura Garcês, que se dedicou à construção e promoção imobiliária na freguesia do Caniço, utilizando os meios públicos.
Denunciou ainda o Secretário Manuel António, como sendo o Secretário “Sonegócios” por ser sócio de várias empresas que tem designações iniciadas por “So…”, por exemplo a SOPEIXE  e a SOTRABALHO.
Para o representante da Voz do Povo, Manuel António, tem exercido as suas influências para realizar negócios. Deu o exemplo do edifício abandonado que estava destinado à habitação na Nova Cidade. O Secretário terá pressionado a Câmara Municipal de Câmara de Lobos a alterar o Plano Director Municipal para reconverter aquele espaço em Centro de Saúde e Lar de Idosos, numa tentativa de salvar a sua empresa falida SOTRABALHO. Esta é mais uma situação de aproveitamento indevido dos meios do Estado para enriquecimento
ilícito.
“Os milionários da Madeira Nova têm enriquecido à custa da miséria, da pobreza e do desemprego dos madeirenses” salientou Coelho. Nesta data comemorativa do 25 de Abril, o deputado da Voz do Povo, PTP, diz ser importante acontecer uma nova revolução para a libertação da Madeira desta gente corrupta. Para  Coelho é altura de dizer BASTA à pobreza, à miséria e à humilhação do Povo. BASTA de corrupção e de roubo!

ENGENHEIRO DE SANTOS COSTA DÁ DECLARAÇÕES À GNR

EX PRESIDENTE DAS “ESTRADAS DA MADEIRA”  EM DECLARAÇÕES sobre as “contas da Madeira”

Um dos quadros da ex- Secretaria do Equipamento Social, antigo presidente das “Estradas da Madeira”,  entrou no Comando Regional da GNR para prestar declarações no âmbito da operação CUBA LIVRE.

Desconhece-se ainda em que qualidade é que ex-dirigente da EM foi convocado.

Jornalistas encontram-se à porta do Comando da GNR para obter mais informações.

Aguardamos a qualquer momento declarações do comandante da GNR na Madeira, Tenente Coronel José Paulo Chitas Oliveira Saraiva Soares.

Informação em actualização.

EX-SECRETARIO CORRUPTO DIZ ESTAR APOSENTADO E TRANQUILO

SANTOS COSTA NÃO QUER FALAR DAS RUSGAS

O antigo Secretário da ex-Secretaria Regional do Equipamento Social passeava hoje pelas ruas do Funchal tentando dar um ar calmo e sereno numa reacção às rusgas efectuadas durante o dia de ontem pela GNR.
Interpelado pela comunicação social sobre a investigação e apreensão de documentos no edifício da extinta SRES, o ex-Secretário de Jardim, não quis comentar a acção ordenada pelo DCIAP, no entanto, salientou que está neste momento aposentado. Reafirmou que está  de consciência tranquila.

O Grupo Parlamentar da Voz do Povo, PTP, pergunta ao Sr. Santos Costa, se está aposentado, o que fazia nas instalações da Ex-Secretaria do Equipamento Social, ontem, mesmo antes da GNR chegar? Se está de consciência tranquila, porquê fugiu apressadamente refugiando-se na Direcção Regional de Finanças?

A Voz do Povo está atenta aos corruptos que infestam a nossa terra. Ninguém cala a VOZ DO POVO!

ENGENHEIRO DE JARDIM TENTA FUGIR À GNR

QUADRO DIRIGENTE DOS SERVIÇOS DO GOVERNO TENTAVA FUGIR COM DOCUMENTOS

Numa altura que a GNR já estava a selar o edifício da extinta Secretaria Regional do Equipamento Social, um engenheiro que faz parte dos quadros do Governo corrupto de Jardim foi interceptado por elementos da Guarda Nacional Republicana quando tentava fugir com documentação considerada importante para a investigação às “contas da Madeira”.
A máxima que Jardim costuma aplicar “quem nada deve, nada teme”, há já muito tempo que  deixou de fazer sentido quando é prenunciada por si. Se não tivesse nada a esconder, porquê fugir com a documentação? Porque foi Santos Costa o “primeiro investigador” a chegar e a sair da antiga Secretaria do Equipamento Social?
Jardim deve muito e tem de temer o pior para si e para aqueles que o rodeiam! A se provar os estratagemas orçamentais que o Governo utilizou para fazer obras, muitas delas sem utilidade e agora abandonadas, e endividar o Povo da Madeira, Jardim e os seus cumplíces terão de ser responsabilizados por estes actos criminosos de acordo com a lei abaixo mencionada.
Lei 34/87,  artigo 14º
Violação de normas de execução orçamental
O titular de cargo político a quem, por dever do seu cargo, incumba dar cumprimento a normas de execução orçamental e conscientemente as viole:
a) Contraindo encargos não permitidos por lei;
b) Autorizando pagamentos sem o visto do Tribunal de Contas legalmente exigido;
c) Autorizando ou promovendo operações de tesouraria ou alterações orçamentais proibidas por lei;
d) Utilizando dotações ou fundos secretos, com violação das regras da universalidade e especificação legalmente previstas;
será punido com prisão até um ano.”
Jardim e os seus Secretários, num esquema fraudulento para financiar e beneficiar as empresas próximas ao regime, autorizou e promoveu operações de tesouraria e alterações orçamentais proibidas por lei. Corrupção na forma mais evidente.
Nas palavras da Voz do Povo, o Grupo Parlamentar do PTP, para além da questão legal, a ocultação da dívida constituiu uma grave traição ao Povo Madeirense. O Governo Regional, ignorou e mentiu àqueles que sempre confiaram em si. Perante todos os Portugueses, perante todos os Madeirenses, Jardim, em primeiro lugar, negou existir uma dívida colossal nas finanças regionais, para, posteriormente, assumir que ela existia, chegando mesmo a dizer que ainda bem que iriam averiguar as contas, pois estava de consciência tranquila. Fez o que tinha de ser feito, disse o líder do regime.  Mentiu, enganou e roubou o Povo Madeirense para favorecer empresas e pessoas próximas do seu (des)governo, salienta a Voz do Povo.
Estaremos próximo do fim do regime jardinista, pergunta a o PTP?

A VOZ DO POVO  não se cala até que correr com todos os corruptos e os ladrões que assombram a vida do Povo  Madeirense.

JARDIM E SANTOS COSTA JÁ SABIAM DE TUDO

EX-SECRETÁRIO FOI O PRIMEIRO “INVESTIGADOR” A CHEGAR

Informação de última hora.

O Grupo Parlamentar do PTP obteve a informação  de que o Governo Regional já teria conhecimento desde Sexta-feira, 21 de Abril, que esta acção de investigação iria acontecer neste edificio. Não foi surpresa para Jardim, para Santos Costa ou para o PSD.

O ex-Secretário, Santos Costa, foi o primeiro “investigador” a chegar à ex-Secretaria que chefiava, muito antes da PJ, GNR e outras entidades. Depois de passar algum tempo dentro do edifício, saiu apressadamente. A Voz do Povo sabe  que Santos Costa refugiou-se na Direcção Regional de Finanças. 

Esta informação foi dada e confirmada por fonte interna da ex-secretaria.

%d bloggers like this: